Dicas para seu evento

Azul Play

Criado em 18/06/2012 - 07h57 | Atualizado em 18/06/2012 - 07h57

Crescimento de 230% em apenas três anos. Público recorde a cada edição. Atualmente, a maior feira de negócios da América Latina do segmento de eletrodomésticos, eletroeletrônicos e Tecnologia da Informação (TI). Resultados colhidos ao longo de sete anos, cujos primeiros foram de fé no segmento e muita luta, como explica o presidente da Azul Play e idealizador da Eletrolar Show, Carlos Clur: “A gente fez um trabalho de 13 anos, quando ninguém se interessava por este mercado. Investimos no projeto e tivemos que aguentar o ‘vermelho’ da feira, pois no começo nós precisamos vender seu conceito, falar da sua importância... E, hoje, ela está consolidada como um ponto de encontro nacional do varejo”. Se o público sentia falta da finada e histórica Utilidades Domésticas (UD) — inspiração do executivo —, promovida desde 1960 até 2004, em São Paulo, a Eletrolar Show veio preencher esse vácuo, porém com foco exclusivo no b2b (business to business) e no mercado brasileiro. Segundo a organização da feira, de 3 a 6 de julho, no Transamérica Expo Center, 90% do espaço já está comercializado, com mais de 800 marcas com presença confirmada. Nesta entrevista exclusiva à Feira & Cia, o executivo argentino comenta, entre outras questões, o surgimento da feira, as estratégias desenvolvidas pré e pós-evento, novidades para este ano, os investimentos e o papel exercido pela arquitetura promocional. Acompanhe.

 

Clique Aqui e veja a Materia .